O que é hipnotizar?

Hipnose é fato – O que é hipnotizar?

Hipnose não é dormir. Hipnotizar é provocar o estado de transe, que é caracterizado pela concentração, sugestionabilidade e relaxamento elevados.

O que é hipnotizar?

Hipnotizar é provocar um estado mental denominado de transe, no qual as pessoas experimentam maior atenção, concentração e sugestionabilidade. Embora a hipnose seja frequentemente descrita como um estado semelhante ao sono, ela é na verdade uma condição de atenção concentrada, sugestionabilidade elevada e imaginação intensificada. Pessoas hipnotizadas costumam parecer sonolentas e confusas, mas na realidade estão em um estado de autopercepção.

Mesmo que existam muitos mitos e equívocos, hipnotizar é um processo real que pode ser usado como ferramenta de terapia. A hipnose costuma apresentar benefícios terapêuticos, principalmente na redução da ansiedade e insegurança.

Tipos de hipnose

Existem algumas abordagens e objetivos para se hipnotizar alguém:

  • Hipnose de palco: utilizado para o entretenimento, envolve atos teatrais e o estimulo da confusão mental.
  • Hipnose guiada: esta forma de hipnose, embora limitada, envolve o uso de ferramentas como instruções gravadas e música para induzir um estado hipnótico. Sites online e aplicativos móveis costumam utilizar essa forma de hipnose.
  • Hipnoterapia: é o uso da hipnose como ferramenta de terapia para tratar condições que incluem sintomas da depressão, ansiedade, transtorno de estresse pós-traumático e transtornos alimentares.
  • Auto-hipnose: é o processo que ocorre quando uma pessoa se auto-induz um estado hipnótico. Muitas vezes é usado como uma ferramenta de autoajuda para controlar a dor ou o estresse.

Por que hipnotizar?

Por que uma pessoa decide tentar a hipnose? Pode ser para ajudar a lidar com a dor crônica e a ansiedade causadas por procedimentos médicos, como cirurgias ou parto. Como também pode ser por muitos outros motivos.

A seguir relaciono algumas aplicações da hipnose que foram demonstradas por meio de pesquisas:

  • Como ferramenta para o tratamento de questões emocionais, como ansiedade, estresse, fobias, timidez, insegurança e autoestima.
  • Alívio dos sintomas associados à síndrome do intestino irritável.
  • Controle da dor durante procedimentos odontológicos.
  • Eliminação ou redução de doenças da pele com fundo emocional.
  • Gestão de certos sintomas do TDAH.
  • A hipnose também tem sido usada para ajudar as pessoas com mudanças de comportamento, como parar de fumar e perder peso.

Impacto da hipnose

Qual é o impacto de se hipnotizar alguém? A experiência da hipnose pode variar dramaticamente de uma pessoa para outra.

Alguns indivíduos hipnotizados relatam sentir uma sensação de distanciamento ou relaxamento extremo durante o estado hipnótico, enquanto outros sentem que suas ações parecem ocorrer inconscientemente. Outros indivíduos podem permanecer totalmente conscientes e capazes de manter conversas enquanto estão sob hipnose.

Experimentos do pesquisador Ernest Hilgard* demonstraram como a hipnose pode ser usada para alterar dramaticamente as percepções. Após instruir um indivíduo hipnotizado a não sentir dor no braço, o braço do participante foi colocado em água gelada. Enquanto os indivíduos não hipnotizados tiveram que remover seus braços da água após alguns segundos devido à dor, os indivíduos hipnotizados foram capazes de deixar seus braços na água gelada por vários minutos sem sentir dor.

Qualquer pessoa pode ser hipnotizada?

Embora muitas pessoas pensem que não podem ser hipnotizadas, as pesquisas demonstram que a maioria das pessoas são mais hipnotizáveis ​​do que acreditam. As pesquisas sugerem que:

  • 10% das pessoas entram em um transe rápido e profundo.
  • Aproximadamente 3% dos adultos são considerados difíceis ou impossíveis de hipnotizar.
  • As crianças tendem a ser mais suscetíveis à hipnose.
  • As pessoas que podem ser facilmente absorvidas por fantasias respondem muito mais à hipnose.

Se você estiver interessado em ser hipnotizado, é importante lembrar de abordar a experiência com a mente aberta. Pessoas que veem a hipnose sob uma luz positiva tendem a responder melhor.

Caso deseje experimentar a hipnoterapia, é importante procurar um profissional que tenha credenciais e experiência no uso da hipnose como ferramenta terapêutica.

Qualquer pessoa pode ser hipnotizada?
Qualquer pessoa pode ser hipnotizada?

Mal-entendidos sobre hipnotizar

A despeito de que alguma amnésia possa ocorrer em casos muito raros, as pessoas geralmente se lembram de tudo o que aconteceu enquanto estavam hipnotizadas. A amnésia pós-hipnótica pode levar um indivíduo a esquecer certas coisas que ocorreram antes ou durante a hipnose. No entanto, esse efeito é normalmente limitado e temporário.

Embora hipnotizar possa ser usado para melhorar a memória, os efeitos foram dramaticamente exagerados na mídia popular. Pesquisas revelam que a hipnose pode atuar na memória principalmente de maneira indireta, como através do equilíbrio emocional e da concentração.

Apesar das histórias sobre pessoas sendo hipnotizadas sem seu consentimento, a hipnose exige a participação voluntária por parte do paciente. No entanto, as pessoas variam em termos de quão hipnotizáveis ​​e sugestionáveis ​​elas são durante a hipnose. Um hipnotizador não pode fazer com que você execute ações que vão contra sua vontade.

Ainda que a hipnose possa ser usada para melhorar o desempenho, ela não pode tornar as pessoas mais fortes ou mais atléticas do que suas capacidades físicas existentes.

 

* Ernest Hilgard (1904 – 2001) foi um psicólogo americano e professor da Universidade de Stanford que se destacou na década de 1950 por suas pesquisas sobre hipnose, especialmente no controle da dor.

 
Conheça a terapia por hipnose para ansiedade clicando neste texto.

Adolfo Brum

Adolfo Brum é hipnoterapeuta certificado pela National Guild of Hypnotists, OMNI Hypnosis, The Society of NLP™ e Dave Elman Hypnosis Institute. Ele é um experiente profissional, exercendo suas atividades no seu consultório em São Paulo.